O Que Ellen White Fala Sobre Obra de Sustento Próprio?

Um Começo Pequeno e Humilde

  • “Missionários que trabalham por conta própria são muitas vezes muito bem-sucedidos. Começando de modo pequeno e humilde, seu trabalho se amplia à medida que prossegue, sob a guia do Espírito de Deus… Sentem-se humildes pela pela intuição de seu desamparo, mas o Senhor vai à frente deles, e entre ricos e pobres encontram favor e apoio. Até a pobreza desses dedicados missionaries é um meio de acesso ao povo. Ao seguirem seu caminho, são ajudados de muitas maneiras por aqueles a quem levam alimento espiritual. Levam a mensagem que Deus lhes dá, e seus esforços são coroados de êxito. Serão levados ao conhecimento da Verdade muitos que, não fossem esses humildes ensinadores, jamais teriam sido ganhos para Cristo” 7T, 23.

Aprovação de Deus

  • “Meus irmãos em posições de responsabilidade, não murmureis a respeito da obra que tem sido feita em Madison para treinar obreiros para saírem pelos caminhos e valados. É a vontade de Deus que essa obra seja feita. Paremos de criticar os servos de Deus engajados nesta obra, e humilhemos nossos próprios corações diante do Senhor.” 11MR 190, 191

Uma Boa Obra na Causa de Deus

  • “Muitos obstáculos têm sido colocados no caminho dos pioneiros da escola de Madison de tendência a desanimá-los e desviá-los do campo. Esses obstáculos não lhes foram postos pelo Senhor… Sejamos cautelosos, irmãos, a fim de que não nos oponhamos e impeçamos o progresso de outros, e dessa maneira delongarmos o avanço da mensagem do evangelho. Isso tem sido feito, e é o motivo de eu ser, agora, compelida a falar tão claramente. Se apoio apropriado tivesse sido dado ao empreendimento escolar em Madison, sua obra poderia estar agora em um estágio muito mais avançado de desenvolvimento. A obra em Madison tem feito vagaroso avanço, e contudo, apesar dos obstáculos e dificuldades, esses obreiros não se enfraqueceram nem se desanimaram; e eles têm sido capacitados a realizar uma boa obra na causa de Deus.” SpTB11 31

A Obra de Sustento Próprio Pode Ser Restringida?

  • “Eu diria aos nossos irmãos no campo do sul, não permitais que nenhuma restrição seja imposta à escola de Madison para limitar sua obra no seu campo de atuação. Se os irmãos Sutherland e Magan prometeram não chamar estudantes para sua escola dos estados do sul, eles deveriam ficar livres de tais restrições. Tal promessa nunca deveria ter sido solicitada, nem concedida. Eu sou instruída a dizer que não deveria haver nenhuma restrição limitando sua liberdade para chamar estudantes do campo do sul. Existe a necessidade de uma instituição com esta que foi estabelecida próximo a Nashville, e não permitais que alguém tente impedir a presença daqueles que podem, naquela escola, receber o treinamento que os preparará para trabalhar nos estados do Sul, e em outros campos missionários.” SpTB11 24

Deve Receber Auxílio com Recursos Financeiros?

  • “Em sua obra, os irmãos Magan e Sutherland têm sido impedidos desnecessariamente. Recursos têm-lhes sido negado por causa da organização e direção da Escola de Madison não terem sido colocadas sob o controle da associação. Mas as razões pelas quais essa escola não foi apropriada e controlada pela associação não têm sido devidamente consideradas… Os líderes na obra da escola de Madison são cobreiros de Deus. Mais deve ser feito em seu favor pelos seus irmãos. O dinheiro do Senhor é para sustentá-los em seus labores. Eles têm direito de partilhar dos recursos dados à causa. Dever-lhes-iam ser dadas uma parte proporcional dos recursos que entram para o avanço da causa.” SpTB11 31, 32

A Obra de Sustento Próprio Deve estar Ligada com a Associação?

  • “Na questão da escola de Madison, tem havido uma indiferença para com eles porque eles não estavam sob a posse e domínio de alguma associação. Essa é uma questão que deveria ser considerada algumas vezes, mas não é o plano do Senhor que meios devam ser negados a Madison, porque eles não estão sujeitos à associação. A atitude que alguns de nossos irmãos assumiram com relação a esse empreendimento mostram que não é sábio que cada agência de trabalho esteja sob a ordem dos departamentais da associação. Existem alguns empreendimentos sob certas condições, que produzirão melhores resultados se trabalharem de forma autônoma. Quando foi-me pedido conselho concernente à escola de Madison, eu disse, ‘permanecei como estais’. Há perigo em ligar cada agência da obra sob os ditames da associação. O Senhor não designou que isso devesse ser assim. As circunstâncias eram tais que aqueles que levam os fardos na escola de Madison não poderiam ligar sua obra com a associação. Eu conhecia sua situação, e quando muitos dos líderes de nossas associações os ignorava, porque eles não colocavam sua escola sob o controle da associação, foi-me mostrado que eles não seriam ajudados ao se fazerem submissos à associação. Seria melhor para  eles permanecer como guiados por Deus, submissos a Ele, para realizar Seu planos. Mas essa questão não precisa ser tornada pública.” 8MR 202, 203

Devemos Criticar Outros Métodos de Trabalho?

  • “É um pecado para qualquer um, o criticar e procurar falta com aqueles que em sua maneira de trabalhar não concordam exatamente com suas ideias. Que ninguém acuse ou censure os homens que têm trabalhado em Madison. Em lugar de reclamar do trabalho de seu irmão, tome conta da sua própria obra negligenciada… Os irmãos [E. A.] Sutherland e [P. T.] Magan deveriam ser encorajados a solicitar meios para o sustento de sua obra. É o privilégio desses irmãos, receberem dádivas de qualquer do nosso povo que o Senhor impressione a ajudar. Eles deveriam ter meios – meios de Deus – com os quais trabalhar.” 11MR 191
  • “Deus tem sido fielmente servido por estes que vocês [aqueles levando responsabilidades em Washington e outros centros] têm observado e criticado. Vocês deveriam discernir que eles temem e honram ao Senhor; eles são coobreiros de Deus. Deus vos proíbe de pordes jugos nos pescoços de seus servos. Os irmãos Sutherland e Magan têm direito de solicitar meios para o sustento da escola de Madison.” 20MR 102, 103

Evitar a Indiferença

  • “Eu mantenho positivo testemunho que você [irmão Magan] e seus cooperadores em Madison estão fazendo a obra que Deus tem apontado para vocês. Havia a princípio em sua mente um questionamento concernente a isso, mas ao avançar, você tem sido capaz de ver o caminho do Senhor mais claramente. A atitude de oposição ou indiferença na parte de alguns de seus irmãos tem criado condições que têm feito a sua obra mais difícil do que deveria ter sido. Você não tem recebido de alguns muitas palavras de ânimo, mas o Senhor está contente de você não ter sido facilmente desanimado. Alguns têm entretido a ideia de que por causa da escola de Madison não estar sob a posse da organização da associação, aqueles que estão no comando da escola não deveriam ser permitidos pedir ao nosso povo os meios que são grandemente necessários para levar avante sua obra. Essa ideia precisa ser corrigida. Na distribuição do dinheiro que entra no tesouro do Senhor, vos é designado uma porção tão verdadeiramente como o é para aqueles ligados a outros empreendimentos que necessitam, que estão avançando em harmonia com a instrução do Senhor. O Senhor Jesus irá um dia, chamar para um acerto de contas, aqueles que amarrariam suas mãos tão fortemente que lhes seria quase impossível avançar em harmonia com as ordens do Senhor. ‘minha é a prata, e meu é o ouro, diz o Senhor, e o gado sobre milhares de montanhas.’” SpM 411
WhatsApp chat